CONTABILIDADE NA ETEC DE ITAQUERA

A Contabilidade é uma ciência social que controla o patrimônio da empresa, resumida no estudo dos bens, direitos e obrigações avaliado em moeda. Ela está inserida na evolução da economia do País e hoje, devido ao desenvolvimento tecnológico, são criadas novas técnicas de mensuração dos atos financeiros e econômicos alterando profundamente o patrimônio da empresa. Por tratar-se de uma ciência que reúne dados e informações e transforma tudo em Demonstração Financeiras e Relatórios Contábeis exige-se do Técnico em Contabilidade uma Ética e Transparência na prestação de contas.

Considera-se que no ano de 2010 o Conselho Federal de Contabilidade publicou termos dispostos na Lei no 12.249/10, de 11 de junho de 2010, da qual altera o Decreto-Lei no 9.295 de 27 de maio de 1946, artigo 12, parágrafo segundo que não, mais expedirá o registro profissional para a habilitação de Técnico em Contabilidade a partir do dia 02 de junho de 2015.

Ressalta-se que embora a categoria de classe não mais reconheça a habilitação  profissional técnica, o curso Técnico em Contabilidade, até o presente momento, permanece disponível no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos emitido pelo Ministério da Educação.

O contabilista é reconhecido como um profissional da Contabilidade com formação em Nível Médio. O Curso Técnico em Contabilidade está atualizado de acordo com a antiga Lei 6.404/1976 e com as novas Leis 11.638/2007 e 11.941/2009, e trata-se de um curso modular. Procurou-se adequá-lo com as Normas Brasileiras de Contabilidade em harmonização também com as Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS) baseado na medida provisória 449/208 convertida na atual Lei 11.941/2009, em vigor até essa data.

A Contabilidade é uma ciência social aplicada a qualquer Entidade e a função do profissional de contabilidade é entendida como um profissional pluralista, generalista, devendo o mesmo possuir diversos conhecimentos sobre as áreas afins. O Técnico em Contabilidade precisa ter muita flexibilidade para mudanças, e ser consciente de que o aprimoramento a novos cursos extracurriculares deve ser de fundamental importância para sua própria educação continuada.

A profissão contábil é dinâmica. Isto se justifica devido a constantes mudanças da legislação brasileira, onde o Curso Técnico em Contabilidade colabora com a reciclagem dos profissionais contabilistas, para que atendam às exigências cada vez maiores do competitivo mercado de trabalho.

Contudo, a contabilidade diante da função da implantação das Normas Internacionais de Contabilidade no Brasil, o Conselho Federal de Contabilidade, através do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo, não tem medido esforços através do Comitê de Pronunciamento Contábil (CPC), trazendo a luz de todos os contabilistas e estudiosos da ciência contábil uma perfeita tradução e interpretação para que se adote nas empresas brasileira uma consolidação harmoniosa em todas as demonstrações financeiras.

Concluindo, a contabilidade cuida de dados e instrumentos que fornecem o máximo de informações úteis para uma tomada de decisões no ambiente interno e externo da empresa. É uma ciência antiga que sempre existiu. Quando se fala de Contabilidade, logo vem acompanhada do termo controle de contas. Portanto, as empresas precisam muito de controles e isto só se justifica com a manutenção do Curso Técnico em Contabilidade.

Com isso, é preciso que as demonstrações financeiras e relatórios contábeis produzidos pela contabilidade estejam sempre disponibilizados para os acionistas da empresa, colaboradores, fornecedores, clientes, bancos, governos, prefeituras e autarquias, ou seja, todos que tenham interesse na empresa e no seu segmento de mercado.

Coordenadora do Curso

"O Conhecimento Liberta!"

  • Doutora Janaína Rute da Silva Caetano Dourado
  • Pós-Doutoranda em Contabilidade (FEA-USP). Doutora (2018) e Mestre (2013) em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Bacharel em Ciências Contábeis (2005) pela mesma Universidade, participa do Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor (NEATS); Núcleo de Estudos do Futuro (NEF) e Núcleo FEA-USP de Pesquisa em Gênero, Raça e Sexualidade (GENERAS). Na carreira acadêmica é docente, pesquisadora, coordenadora e gestora de projetos acadêmicos no Eixo Gestão e Negócios na Unidade de Ensino Superior (CESU) no Centro Paula Souza, orientadora de monografia de pós-graduação no Programa de Estudos em Gestão de Pessoas (PROGEP) na Fundação Instituto de Administração (FIA-USP), na Universidade São Judas Tadeu leciona no MBA de Gestão Estratégica de Pessoas. Tem experiência na área contábil, com ênfase em controladoria, finanças, Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS), e processos de controle interno e auditoria desenvolvendo-se em vários segmentos de mercado em organizações multinacionais, participando de aplicação e desenvolvimento dos CPC's (IFRS) reuniões e treinamentos, além de atuar como Consultora Contábil e para o Mercado Financeiro em organizações e pessoas físicas. Na área científica realiza pesquisa e aprofundamento em metodologias ativas no processo de ensino-aprendizagem, gênero, nas áreas de contabilidade societária, aplicada ao IFRS (International Financial Reporting Standards), educação contábil e financeira, ambiente corporativo, auditoria, mercado financeiro, em organizações do terceiro setor, governança corporativa, competências sustentáveis e inovação para a sustentabilidade.

twitter: @douradoJanac

cv: https://lattes.cnpq.br/6044091453840837

https://www.researchgate.net/profile/Janaina-Rute-Dourado-2

https://www.linkedin.com/in/janainarscdourado/


PLANO DE CURSO

MATRIZES CURRICULARES